WhatsApp

33 99973-1025

Cuparaque - MG
Parecer do Tribunal de Contas, referente administração 2015 da Prefeitura de Cuparaque - Portal Cuparaque

Política

04/08/2017 às 13h36 - Atualizada em 08/08/2017 às 19h54

Parecer do Tribunal de Contas, referente administração 2015 da Prefeitura de Cuparaque

Marcos Povoa Barbosa
Cuparaque - MG
FONTE: novacidadefm

contas

Ontem a Rádio Nova Cidade esteve presente na Câmara Municipal, primeira reunião depois do recesso. A pauta do dia era a leitura do parecer do Tribunal de Contas referente a conta de 2015.
Abaixo um pequeno resumo da conclusão do Tribunas de Contas sobre as contas de Cuparaque/2015, caso queira baixar o texto completo acesse: http://tcnotas.tce.mg.gov.br/TCJuris/Nota/BuscarArquivo/1297432

CONCLUSÃO
Considerando as informações contidas nestes autos, analisadas sob o aspecto formal, voto pela emissão do parecer prévio pela APROVAÇÃO das contas do exercício de 2015, da Sra. Geovania de Oliveira Domingos Monteiro, CPF 057.677.496-04, Prefeita de Cuparaque, à época, embasando-me no art. 45, I, da Lei Complementar Estadual n. 102/08.

Após a leitura o vereador Wanderley Faustino, justificou a falta do companheiro vereador Daniel. (confira no áudio abaixo)

Após a justificativa o Presidente da Câmara Custódio Marciano, lembrou que mesmo com a justificativa feita pelo colega, segundo o Regimento Interno, a justificativa também deverá ser feita pelo próprio vereador.

Na oportunidade o vereador Elias Tomé subiu a tribuna para cobrar um calçamento, segundo ele, de sua indicação. (confira no áudio abaixo)


Logo após, a vereadora Vilma Silveira, também usou a tribuna para reforça junto a vice-prefeito Adeir, que estava presente na câmara, a indicação de limpeza no córrego do EME. (confira no áudio abaixo)


A vereadora também falou sobre o IPTU, segundo ela recebeu uma cobrança este ano, mas não possui imóvel no seu nome, e também sobre pessoas falecidas a amis de 30 anos e mesmo assim o IPTU vem no nome desta pessoa. Entramos em contato com o Chefe de Setor, Adimilson Geraldo, que que a prefeitura não tem poder de alterar o nome de pessoas falecidas no cadastro, se os responsáveis legais não procurarem o órgão responsável munidos de todos documentos. Quanto a IPTU em nome da vereadora, após consultar o sistema informa que a mais de 10, mesmo antes da implantação do sistema de controle, já havia um imóvel no nome da vereadora e que não se trata do imóvel que ela morra atualmente, devendo ela procurar o setor de tributação para esclarecer qualquer duvida. (confira no áudio abaixo)

Na oportunidade o presidente da Câmara, em tom de brincadeira, disse que também gostaria de ter vários IPTUs no nome dele.

O vereador Wanderley também falou sobre a pauta do dia, que era o parecer do Tribunal de Contas e quando ocorrerá a votação.
(confira no áudio abaixo)


Lembrando que a Rádio Nova Cidade só ouviu os vereadores que utilizaram a tribuna para expor suas ideias e pedidos

Comentários

Veja também

© Copyright 2017 :: Todos os direitos reservados